Programação, temporada 2023

Samba de Sexta – Samba de Dandara convida Yayá Massemba

Praça das Artes

08/03/2024 • 19h

[ Praça das Artes – Vão ]

Samba de Sexta traz, mensalmente, os principais grupos da cidade de São Paulo para uma animada roda de samba na Praça das Artes, com entrada gratuita.

Na primeira apresentação de 2024, em comemoração ao dia internacional da Mulher, esta roda especial recebe o Samba de Dandara que convida Yayá Massemba.

Sobre Samba de Dandara
Desde 2012, é um samba de empoderamento e exaltação às mulheres sambistas, às grandes compositoras, às grandes intérpretes, às guerreiras do samba e propõe debates sobre ancestralidade e protagonismo feminino no samba e na sociedade.
A concepção de Samba de Dandara carrega o peso e a inspiração de Dandara, mulher negra, guerreira e referência histórica na luta contra a escravização. Carregar esta marca significa enaltecer e promover a resistência feminina e negra sob a forma de uma representação musical que passeia por ritmos afro-brasileiros, sobretudo o samba em suas diversas vertentes – ijexás, afoxés, pontos de candomblé e umbanda.

Sobre Yayá Massemba
Surgiu em 2018, na Chapada Diamantina (BA), formada por musicistas que buscam dar visibilidade à produção criativa de mulheres como cantoras, instrumentistas e compositoras, bem como promover encontros entre diferentes gerações do samba à exemplo das Mestras Aurinda do Prato, Bete de Arembepe e Drª Dalva Damiana, principais referências para a criação do projeto De umbigo a umbigo. A proposta deste projeto tem como destaque o samba de roda, seja nas composições autorais, que buscam homenagear e valorizar as Mestras nos corridos do samba de roda transmitidos por elas, que também revelam-se compositoras, e até mesmo no encontro com elas em cena.
“Yaya” significa mãe em Yorubá e “Massemba”, plural de semba, do Kimbundu, umbigada. A umbigada é alimento, onde tudo começa, é casa, é mãe, é legado. O legado é a essência deste projeto. Está na valorização de mulheres, no referenciamento à cultura afro-brasileira, na ancestralidade e na natureza.

Samba de Dandara convida Yayá Massemba
Daniele Abelin, apresentação

Duração 180 minutos
Classificação livre para todos os públicos
Entrada livre e gratuita

Antes de participar desta apresentação, conheça os protocolos recomendados e consulte a classificação indicativa disponível no Manual do Espectador (acesse aqui).

Programação sujeita a alteração.